• Os Puritanos

Ano Novo — uma oração puritana

Ó SENHOR,


Os dias passados de nada me servem, exceto os que foram passados na tua presença, em teu serviço, para tua glória.


Que a tua graça me preceda, siga, guie, sustente,

santifique, e auxilie a cada hora,

que em momento algum eu possa me apartar de ti,

mas seja guardado pelo teu Espírito

provendo cada pensamento,

falando em cada palavra,

dirigindo cada passo,

fazendo toda obra prosperar,

edificando cada linha de fé,

e fazendo-me desejoso de

espalhar teu louvor,

testificar teu amor,

levar adiante teu reino.


Lanço meu barco sob as águas desconhecidas deste ano,

tenho tu, ó Pai, como meu porto,

tu, ó Filho, como meu leme,

tu, ó Santo Espírito, enchendo minhas velas.


Guia-me ao céu com meus lombos cingidos,

minha lâmpada acesa,

meu ouvido aberto aos teus chamados,

meu coração cheio de amor,

minh’alma livre.


Dá-me tua graça para minha santificação,

teus confortos para encorajamento,

tua sabedoria para ensino,

tua mão direita pra guia,

teu conselho para instrução,

tua lei para julgamento,

tua presença para equilíbrio.


Que o meu temor seja temor a ti,

e teus triunfos sejam minha alegria.

 

Tradução: Márcio Santana Sobrinho

Extraído de: The Valley of Vision:

A Collection of Puritan Prayers & Devotions,

editado por Arthur Bennett, p.112

278 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo