• Os Puritanos

"O Espírito Santo" » Sinclair Ferguson


“A espantosa difusão do pentecostalismo e do movimento carismático foi de tal magnitude, que a literatura sobre o Espírito Santo passou a ocupar um espaço considerável no meio evangélico, atingindo proporções tais que o domínio exercido na literatura evangélica existente estaria além dos poderes de qualquer indivíduo.Mas a ideia generalizada que se tornou comum entre os evangélicos, bem como entre os demais, de que o Espírito Santo foi quase que de novo descoberto no século vinte, é um prenúncio da heresia hodierna e, no mínimo, é culpada de certa miopia histórica. Fica no esquecimento, por exemplo, que foi com boas razões que se descreveu o pastor-teólogo da Reforma, João Calvino, como sendo “o teólogo do Espírito Santo”. Além do mais, cada século, desde seu tempo, testemunhou eventos que foram atribuídos à extraordinária operação do Espírito Santo. Mesmo no século vinte, as duas opera magna sobre o Espírito Santo subsistem nos extensos estudos de autoria puritana do século dezessete, John Owen, Vice-Chanceler da Universidade de Oxford, e do grande teólogo-político holandês, Abraham Kuyper, fundador da Universidade Livre de Amsterdam.O centro do interesse é delinear a revelação da identidade e da obra do Espírito de uma forma bíblico-teológica e histórico-redentiva. Não significa que a teologia histórica esteja falida e por isso devemos rejeitar o princípio apostólico de que precisamos entender as riquezas do evangelho em consonância com toda a igreja (Ef 3.18, 19). Espero que fique bem claro e bem estabelecido que meu interesse é o senso de obrigação para com o entendimento que a igreja deve ter no tocante ao Espírito Santo”.

_________

O Dr. Sinclair B. Ferguson é professor de Teologia Sistemática no Westminster Theological Seminary, Philadelphia. Um dos mais conceituados teólogos reformados da atualidade.

#espíritosanto

276 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo